Freeonline.it - La guida italiana alle risorse gratuite
 
Home Fotos A Região Contato
 
Indice generale
 
»
Home
»
Roteiros e Mapas
»
A Região
»
Expedições
»
Artigos e Reportagens
»
Galeria de Fotos
»
Programe-se
»
Contato
»
 
»
 
»
 
»
 
»
 
Tutto Gratis

 
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
  Confluência histórica e geográfica A nova nascente do rio São Francisco  

Silvestre Gorgulho

24 Maio 2004

A NASCENTE HISTÓRICA - O rio São Francisco nasce na serra da Canastra e vem em corredeiras até suas águas cairem de 162,8 metros de altura para formar a Casca D´Anta. Percorre 98,12km até chegar na confluência com o rio Samburá.
A NASCENTE GEOGRÁFICA - O rio Samburá, que nasce na serra d´Água, município de Medeiros, percorre 147,30km até chegar à confluência do braço histórico do São Francisco, no canion de São Leão.
Na foto acima, à esquerda está o São Francisco com vazão mínima, em agosto, de 5,3 metros cúbicos por segundo, formando sua primeira prainha entre as muitas que vão ter ao percorrer os 2.716km até sua foz no oceano Atlântico. O rio Samburá vem à direita, com vazão mínima de 16,6 metros cúbicos por segundo, numa relação de três para um a seu favor. Uma batimetria minuciosa foi realizada aí.
Toda a repercussão do trabalho da equipe técnica da Codevasf que identificou a nova nascente do rio São Francisco, divulgado em primeira mão pela Folha do Meio Ambiente, em abril, está nesta edição: geólogos e autoridades até já falam em um novo mapa hidrográfico brasileiro. Como bem explica o ex-ministro, hoje Secretário de Minas Gerais, José Carlos Carvalho, quanto mais tecnologia podemos dispor, mais precisamente vamos conhecer o mundo em que vivemos. Mas tem outro dado importante: novas nascentes trazem também mudanças de dominialidade e aí o que era estadual pode virar federal. Veja, também, a entrevista com o técnico da Codevasf, Geraldo Gentil Vieira. (Leia Mais)

Fonte: FOLHA DO MEIO AMBIENTE