Freeonline.it - La guida italiana alle risorse gratuite
 
Home Fotos A Região Contato
 
Indice generale
 
»
Home
»
Roteiros e Mapas
»
A Região
»
Expedições
»
Artigos e Reportagens
»
Galeria de Fotos
»
Programe-se
»
Contato
»
 
»
 
»
 
»
 
»
 
Tutto Gratis

 
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
  EXPEDIÇÃO FARÁ DIAGNÓSTICO DOS PROBLEMAS DO RIO SÃO FRANCISCO  

11/11/2001
Neste domingo, às 8 horas, transportada por uma carreta da Volvo, deixa o Pontão do Lago Sul a barca que abrigará a partir de segunda-feira (12), na cidade mineira de Iguatama, a Expedição Américo Vespúcio 2001, que fará uma viagem de 30 dias no Rio São Francisco. Durante todo este sábado ela ficou em exposição no Pontão.

Idealizada pela Codevasf -Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba, a expedição integrada por 40 pesquisadores de vários órgãos federais vai realizar estudos sobre questões ambientais, econômicas, sociais e turísticas com o objetivo de conscientizar os brasileiros sobre os diversos problemas que afetam o rio atualmente.

Segundo o coordenador da expedição, o engenheiro agrônomo da Codevasf Geraldo Gentil Vieira, a expedição percorrerá três mil quilômetros até a foz do rio, em Penedo, entre os estados de Sergipe e Alagoas.

Aspectos como o desmatamento predatório, poluição por dejetos humanos e industriais e o assoreamento do Velho Chico serão avaliados por pesquisadores da Embrapa, do Ibama, da Secretaria de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente, entre outros órgãos, a fim de, posteriormente, oferecer subsídios a um projeto de recuperação do rio.

"O objetivo maior da viagem é resgatar o São Francisco nas questões ambientais e sócio econômicas, a fim de gerar riquezas para as populações ribeirinhas dentro do conceito de desenvolvimento sustentado.

Esperamos a partir daí promover uma mudança de paradigma de tudo que envolve o rio hoje", afirmou Gentil Vieira, natural de Igatama, a segunda cidade banhada pelo Velho Chico, cuja foz, em Penedo, foi descoberta há 500 anos pelo navegador Américo Vespúcio.

Durante o percurso da viagem, pesquisadores irão promover audiências públicas em 23 municípios ladeados pelo rio, com a presença de prefeitos, vereadores e das comunidades locais.

São objetivos específicos dos engenheiros, biólogos, ambientalistas, antropólogos, hidrólogos e historiadores de órgãos como a Embrapa, Ibama, Secretaria de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente e a Codevasp, esta subordinada ao Ministério da Integração Nacional; desenvolver estudos que irão respaldar o projeto de revitalização do Velho Chico, a criação de áreas de proteção ambiental e histórica nos trechos mais importantes do rio.

Será feito ainda um diagnóstico do potencial turístico do Vale do São Francisco com a finalidade de atrair investimentos para a região.

A barca, levando as bandeiras do Brasil, do Distrito Federal e dos estados banhados pelo rio - Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Sergipe - possui 17 metros de comprimento por três metros e dez centímetros de largura.

Pesa 16 toneladas e foi construída pela empresa de navegação Pedro Iran Pereira Espírito Santo (Empresa Pipes de Navegação) especialmente para a missão.

A barca tem dois banheiros, um feminino e um masculino, cozinha e está toda equipada com mesas de trabalho. Além do comandante João Murilo Oliveira Machado, a barca conta com um mecânico, Aldemor Ferreira de Souza, preparado para atender a qualquer emergência.

Ao deixar o local neste domingo, a carreta, dirigida pelo motorista Marcelo Gil, será conduzida até a saída do Distrito Federal por quatro batedores e duas viaturas da Polícia Rodoviária Federal.

Antes de chegar a Iguatama - nome em tupi-guarani que significa "o rio curvo da minha terra" -, localizada a 230 quilômetros a sudoeste de Belo Horizonte e distante 650 quilômetos de Brasília, a carreta levando a barca passará pelas cidades mineiras de Paracatu, Patos de Minas e São Gotardo.

Os interessados em obter informações sobre o andamento dos trabalhos da expedição podem acessar o site na internet www.americovespucio.com.br. Mensagens também podem ser enviadas pelo e-mail expedição@americovespucio.com.br.
(Agência Brasil)